MARX E ENGELS COMO HISTORIADORES DA LITERATURA - GYÖRGY LUKÁCS

R$59,00

3x de R$19,67 sem juros

Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

Descrição do produto

Publicada em 1952, esta obra fundamental do filósofo húngaro György Lukács reúne quatro artigos escritos nos anos 1931, 1935, 1938 e 1940, sobre questões de crítica literária e história da literatura na intersecção com o marxismo-leninismo. Em uma variada gama de reflexões, encontra-se a discussão de Marx e Engels sobre o realismo em contraposição à estética idealista em torno de uma peça teatral composta por Lassalle; um panorama histórico da atividade de Engels como crítico literário; a crítica de Marx à decadência ideológica em seu tempo, que se manifesta especialmente no campo da arte e da literatura; e um artigo inspirado no escrito Que fazer?, de Lenin, aplicado ao campo artístico. A obra será publicada pela Boitempo como parte da coleção Biblioteca Lukács, coordenada por José Paulo Netto e Ronaldo Vielmi Fortes.

Editora: Boitempo Editorial

Ano: 2016

O que você acha do produto?

Meios de pagamento e parcelamento

MEIOS DE PAGAMENTO

INFORMAÇÃO LEGAL